Jovem com câncer morre 10 dias após realizar sonho de se casar: 'O amor verdadeiro existe', diz irmão

Notícias BR 01/03/2021 Relatar Quero comentar

Ruan Pablo de Lara e Adarlele de Lara na cerimônia de casamento — Foto: Arquivo pessoal

As dores não deram conta de esconder o sorriso de Ada. Em cuidados paliativos por causa do câncer, levantou-se da cadeira de rodas na metade do trajeto até o altar e foi em pé ao encontro do noivo, Ruan Pablo de Lara, de 27 anos, que tentou - em vão - segurar as lágrimas.

Nenhum dos presentes na Paróquia Nossa Senhora da Salette, em União da Vitória, no sul do Paraná, conteve a emoção. Adarlele Ribas Andrade de Lara, de 26 anos, viveu em 6 de fevereiro a realização do sonho que alimentou entre os vestidos de noivas na loja em que trabalhava.

Adarlele de Lara, de 26 anos, levantando-se da cadeira de rodas durante a cerimônia de casamento, em União da Vitória — Foto: Arquivo pessoal

Dez dias depois da cerimônia, a vendedora perdeu a batalha contra a doença que encarava pela terceira vez. A caçula de cinco irmãos estava ao lado da mãe, Lúcia Glaab de Andrade, de 60 anos, no Hospital de Clínicas, em Curitiba.

Dos parabéns ao casamento

Ada fazia aniversário em 22 de maio. No último, em 2020, um desconhecido decidiu parabenizá-la em uma rede social. Antes que o mês acabasse, ela e Ruan, que trabalha como programador, tiveram o primeiro encontro.

"A gente se deu muito bem desde primeira conversa [pela internet]. Um começava a escrever o outro escrevia a mesma frase. Foi de primeira", contou o viúvo. "Vivemos muito em pouco tempo", indicou.

Dali em diante, os cerca de 20 km entre União da Vitória e Porto Vitória (SC), onde a jovem estava morando, pareciam cada vez mais próximos. Tanto que começaram a namorar em 12 de junho, Dia dos Namorados.

Quando o casal se conheceu, Ada se considerava curada de um tumor no braço esquerdo descoberto aos 23 anos - e que a deixou com dificuldades para movimentá-lo. Vencer a doença não era novidade para ela. Aos sete, já havia superado um tumor no rim.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar