Mãe de Ísis Helena deixou áudio antes de morrer na cadeia: ‘Ou assumo ou vou morrer’

Só matérias boas 03/03/2021 Relatar Quero comentar

Jennifer Natalia Pedro, mãe da bebê Ísis Helena, foi encontrada morta na cela do Presídio do Tremembé, interior de São Paulo, no dia 22 de fevereiro. O caso repercutiu bastante e o programa Cidade Alerta, da Record TV, tem acompanhado os desdobramentos.

Jennifer foi presa em março do ano passado, suspeita de ter matado a própria filha. Ísis Helena tinha apenas 1 ano e 4 meses quando desapareceu. O corpo foi encontrado dias depois. Jeniffer levou os policiais até o local onde o corpo da bebê estava.

Desde então, Jeniffer estava cumprindo prisão preventiva aguardando o julgamento. A defesa dela tinha a esperança de que Jennifer fosse solta e pudesse aguardar o julgamento em liberdade. Antes que isso acontecesse, a mulher morreu.

A primeira informação é de que Jeniffer tivesse tirado a própria vida, mas isso tem sido contestado até mesmo pelo jornalista Luiz Bacci. No Cidade Alerta, Bacci afirmou que Jennifer não fará falta nenhuma, mas espera o esclarecimento do caso.

Nesta terça-feira (2), a mãe de Jennifer, Roselei Rosa, deu entrevista ao Cidade Alerta. Em áudio enviado à mãe antes de morrer, Jennifer deu declarações que devem auxiliar nas investigações. “Ou assumo o que eles mandam ou vou morrer”, disse a suspeita de ter matado a própria filha.

Bacci afirmou na semana passada que o Cidade Alerta vai acompanhar o caso até o fim. A dúvida é saber se Jennifer tirou a própria vida ou se alguém fez isso. E se fez, porque isso teria acontecido? A mulher já tinha se envolvido em confusão dentro da prisão.

Comentário do usuário