Internautas inventam 'vaquinha' online para contribuir com motoboy atacado por porco em Franca, SP

DOXIN 21/07/2021 Relatar Quero comentar

Momento em que o motoboy é atacado pelo porco!

(Pessoas em comentários no YouTube ficam revoltadas com atitude do cinegrafista.)

A vaquinha já arrecadou R $ 3,9 mil até a tarde desta terça-feira (20). O objetivo é contribuir com Willian de Souza Rodrigues para arcar com as despesas da falta de trabalho.

  Os internautas fizeram um "gatinho" online para beneficiar o entregador Willian de Souza Rodrigues, que foi mordido e sua motocicleta destruída por um porco em Franca (SP). O ataque ocorreu no último domingo (18) e foi filmado por pessoas que estiveram no local (veja acima).

  De acordo com o portal onde a ação é realizada, a meta inicial de arrecadação de R $ 3 mil já foi ultrapassada. Até as 13h desta terça-feira (20), a mobilização somou R $ 3.985, doados por 39 pessoas.

  O objetivo da campanha, que continua aberta, é apoiar o motociclista para cobrir as despesas com o aluguel e com o filho de um ano, pois Willian terá que se afastar do trabalho por conta dos ferimentos.

  Willian relata que, graças à pandemia, deixou de trabalhar como professora de dança e passou a trabalhar exclusivamente com partos. Ele confirma que não seria capaz de pagar os preços da perca sozinho.

"Não tenho condições de consertar a moto porque ela era a minha ferramenta de trabalho. A gente ganha por dia nas entregas. Como estragou muito não só ela, mas meu celular, não tenho condições de pagar. Não tenho condições de custear o conserto da moto. Então está muito difícil", disse.

Segundo o entregador, o dono do animal esteve no local do ataque e garantiu que arcará com as despesas com médicos e conserto da motocicleta. Apesar disso, o responsável não foi localizado até o momento desta publicação.

Medo

  Willian foi atacado por um porco no final da tarde deste domingo (18), no Jardim Bonsucesso, enquanto trabalhava. Imagens enviadas à EPTV, subsidiária da TV Globo, mostram o momento em que ele foge do animal e tenta se proteger com a bolsa que carregava nas costas.

  Nas imagens dá para perceber que, como Willian tentou fugir do animal, ninguém ofereceu ajuda. O entregador afirmou que um homem do local comentou que ele era o dono do porco e garantiu que arcaria com todas as despesas.

"Nunca aconteceu comigo, nunca passei por isso. É uma situação muito triste e constrangedora. As pessoas que estavam passando no local estavam filmando e rindo, dando risada, ninguém parou para me ajudar. Se ele [porco] morde na minha garganta, eu ia sangrar até a morte", desabafou na ocasião.

O entregador foi resgatado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Willian sofreu uma punção de 7 centímetros nas nádegas e precisou de 14 pontos ao sofrer o ataque. Os médicos disseram-lhe para não trabalhar nos próximos dias.

Fonte:g1

Comentário do usuário
Você pode gostar