Bombeiros socorrem morador de rua com cadeado preso no dedo há oito dias

Carlosandre1055 15/02/2021 Relatar Quero comentar

 

O Corpo de Bombeiros do Distrito Federal foi acionado no sábado (13) para atender um homem que estava com um cadeado preso em seu dedo, em Candangolândia Distrito Federal.

De acordo com os militares que atenderam a ocorrência, José Sousa Marques, que vive em situação de rua, informou que há cerca de oito dias, enquanto dormia, alguém prendeu um cadeado no dedo indicador da mão esquerda dele.

Em um primeiro momento, ele não se preocupou com o ocorrido. No entanto, a situação foi se agravando e ele resolveu pedir ajuda às pessoas que estavam em uma pizzaria, próxima ao 19ºGBM.Os bombeiros foram acionados e, após realizar a avaliação inicial, a equipe o transportou até o Hospital de Base do Distrito Federal (IHBDF).

Conforme o Corpo de Bombeiros, os socorristas não conseguiram extrair o cadeado. Os militares também descartaram serrar o objeto com alguma máquina ou lâmina, pois havia a possibilidade de amputação do dedo.

Entretanto, outro Bombeiro Militar, em serviço no Posto do CBMDF naquele hospital, sugeriu o acionamento de um chaveiro. Após uma rápida busca por contatos, os senhores Leonardo e Kleuton, ambos chaveiros profissionais, se deslocaram ao IHBDF. Após alguns minutos o cadeado foi aberto e retirado do dedo do paciente.

Os quatro Bombeiros Militares que participaram da ocorrência já haviam acertado entre si a divisão do pagamento aos chaveiros, porém os dois profissionais fizeram questão de que o serviço não fosse pago de forma alguma.

Comentário do usuário