MULHER ADOTA 6 CÃES COM NECESSIDADES ESPECIAIS E A VIDA DOS ANIMAIS ENCANTA A INTERNET

Simon 31/03/2020 23:11 Relatar

Poucas coisas na vida são mais agradáveis do que ter um  de estimação por perto. A prova disso é a quantidade de casas com animais dos mais diferentes tipos. Cães, , peixes, pássaros e coelhinhos estão entre os mais comuns. Algumas pessoas vão além e dividem seu espaço com cobras, aranhas e vários outros, dependendo do seu gosto e amor. Uma coisa é fato: é difícil encontrar casas com animais de estimação, com necessidades especiais. Isso porque esses bichos exigem mais atenção e cuidado. Tracey Fowler, no entanto, é diferente. Ela vive com seus  com necessidades especiais.

A mulher de Mendon, Vermont, perdeu Hayden, o seu amado pastor alemão, há alguns anos. Desde então, ela tem adotado filhotes em abrigos. Hoje, a sua casa abriga oito cães, sendo seis deles com necessidades especiais. Com a ajuda de Tracey, os animais estão vivendo a vida ao máximo. "Hayden atravessou a ponte do arco-íris depois de uma batalha contra a mielopatoa degenerativa", disse ela. O cão lutou contra a doença brutal, por muito tempo, e acabou precisando de cadeira de rodas. A paralisia não tirou o seu espírito. Tracey disse que ele continuou lutando até o último dia.

A adoção dos cães

Desde que perdeu o amigo, Tracey tem dedicado sua vida a ajudar outros animais. "Atualmente, tenho oito cães", disse ela. "Seis deles possuem necessidades especiais e 2 não", completou. Os animais não só desfrutam do amor e carinho da nova dona, como também se divertem bastante com ela. A época preferida do ano é o inverno. Quando a neve cobre as áreas em torno da casa, Tracey troca as cadeiras de todas por esquis. Dessa forma, eles conseguem continuar brincando no quintal.

A mulher concorda que os animais com necessidades especiais não são para todos. No entanto, afirmou também que cuidar deles não é algo muito difícil. "Se você tem medo de cocô e xixi, talvez adotar um animal de estimação com necessidades especiais não seja para você. Se você está bem com isso, honestamente, não é diferente do que se eles estivessem andando".

"Existe várias formas de dizer adeus a um amiguinho e essa é a nossa", disse ela. Tracey passa o dia cuidando dos seus companheiros e garantindo que eles se divirtam ao máximo. Isso porque ela acredita que essa é uma forma de fazer com que eles esqueçam dos problemas que possuem. Tracey compartilhou a vida, ao lado dos seus amiguinhos na internet e a reação das pessoas foi dar muito amor através de comentários. As imagens nos mostram muita gratidão por parte dos cães e é, de fato, lindo perceber tudo isso.

 

E aí, o que você achou dessa história? Comente então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos, pois o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento. Aproveite para fazer um tour pelas curiosidades do nosso site.

Parte do conteúdo do artigo é proveniente da Internet. Se seus direitos de privacidade forem violados, o site será processado o mais rápido possível. Relatar
Artigos recomendados

©2020 didiadidia.com. All Rights Reserved. Sobre nós Política e segurança Termos Privacidade Direitos autorais

Isenção de responsabilidade:Este site opera enviando artigos em tempo real e não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa apenas as opiniões pessoais do autor e não é a posição deste Site. Os usuários devem julgar a autenticidade do conteúdo. O autor possui os direitos autorais do artigo publicado neste site. Como este site é restrito pelo modo de operação "publicação em tempo real", não podemos monitorar completamente todos os artigos. Se os leitores encontrarem problemas, entre em contato conosco. Este site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e recusar qualquer pessoa a publicar artigos neste site e também o direito de não excluir o artigo.Não escreva palavrões, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais, seja disciplinado. Este site reserva todos os direitos legais.
TOP
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.