O cãozinho foi adotado e ganhou um lugar especial na corporação: "Essa corporação merece todo o meu respeito. "

Beatriz 01/01/2021 Relatar Quero comentar

Olá pessoal. Siga para saber todas as notícias de animais e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

Cães são conhecidos por serem os melhores amigos do homem – e, embora eles nem sempre sejam criados em um ambiente acolhedor, mostram amor e compaixão pelas pessoas.

No ano passado, um cachorro em situação de rua surgiu nas dependências do 17° Batalhão da Polícia Militar do Rio de Janeiro.

Ele estava completamente abandonado, adoecido, assustado e vivia acuado pelos cantos do batalhão.

Digno de pena pelo seu estado, que por algumas vezes até assustava as pessoas justamente por estar sempre assustado.

Comovidos com a situação dele, os policiais decidiram acolhê-lo nas dependências do batalhão. O cãozinho começou a receber carinho e atenção. E então descobrindo que podia ser feliz pela primeira vez.

Ele recebeu cuidados com relação às doenças e machucados que tinha. Ganhou comida, banho e além disso, muito amor de todos. Logo portanto, foi se tornando cada vez mais saudável e menos acuado.

Sendo mais receptivo, perdendo o trauma de possíveis maus-tratos que poderia ter sofrido no passado.

Assim o cãozinho se tornou parte da tropa, um símbolo, cada vez mais dócil e surpreendendo a todos em como seguia as rotinas da corporação.

Cabo Oliveira conquistou as redes sociais, fazendo sucesso em todo o estado do Rio de Janeiro.

“Oliveira é o nome desse ser que anima e ilumina os dias de quem passa pelo batalhão, de quem recebe sua atenção canina, nosso mascote!”, complementou Thiago.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar