Homem testa positivo para coronavírus em SP; caso vai para contraprova

Filomena 26/02/2020 06:52 Relatar

coronavírus na capital paulista em homem de 61 anos que voltou recentemente da Itália, um dos países do Ocidente que mais foram afetados pela epidemia." type="text">

coronavírus na capital paulista em homem de 61 anos que voltou recentemente da Itália, um dos países do Ocidente que mais foram afetados pela epidemia." type="text">Juntamente com o Ministério da Saúde, os governos do estado e do município de São Paulo analisam um possível caso positivo de  na capital paulista em homem de 61 anos que voltou recentemente da Itália, um dos países do Ocidente que mais foram afetados pela epidemia.

O governo espera a contraprova para confirmar o caso , mas o jornal  afirma que o resultado também foi positivo e que o anúncio deve ser feito ainda nesta quarta (26).

Após fazer uma viagem sozinho ao norte da Itália entre os dias 9 e 21 de fevereiro, o homem de 61 anos deu entrada no Hospital Albert Eistein, na Zona Sul de São Paulo, com sinais compatíveis com o COVID-19 - febre, tosse seca, dor de garganta e coriza.

No teste realizado no hospital, usando o protocolo da Organização Mundial de Saúde (OMS), o resultado deu positivo. Seguindo o Plano de Contingência Nacional do Ministério de Saúde, as amostras foram enviadas para o Instituto Adolfo Lutz para contraprova.

Segundo balanço divulgado na tarde desta terça pela gestão João Doria, são quatro casos com suspeita da doença no estado e todos são adultos. Um deles mora em Bauru (329 km de SP) e veio do Japão. Os outros dois estão na capital, um vindo do Japão e o outro com passagens por China e Coreia do Sul.

"É fundamental procurar o serviço de saúde mais próximo se a pessoa apresentar sintomas como febre, dificuldade para respirar, tosse ou coriza, associados aos seguintes aspectos epidemiológicos: histórico de viagem em área com circulação do vírus [consulte os sites indicados no final do texto], contato próximo caso suspeito ou confirmado laboratorialmente para o vírus", afirma a nota.

"As equipes de vigilância seguem atentas para realizar respostas rápidas e efetivas quando necessário", diz a diretora da Vigilância Epidemiológica, Helena Sato.

Parte do conteúdo do artigo é proveniente da Internet. Se seus direitos de privacidade forem violados, o site será processado o mais rápido possível. Relatar

©2020 didiadidia.com. All Rights Reserved. Termos Privacidade Direitos autorais

Isenção de responsabilidade: Este site opera enviando artigos em tempo real e não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa apenas as opiniões pessoais do autor e não é a posição deste Site. Os usuários devem julgar a autenticidade do conteúdo. O autor possui os direitos autorais do artigo publicado neste site. Como este site é restrito pelo modo de operação "publicação em tempo real", não podemos monitorar completamente todos os artigos. Se os leitores encontrarem problemas, entre em contato conosco. Este site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e recusar qualquer pessoa a publicar artigos neste site e também o direito de não excluir o artigo.Não escreva palavrões, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais, seja disciplinado. Este site reserva todos os direitos legais.
TOP
X
Digite seu motivo de relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.