Mulher esquece celular em Uber e acusa filho de músico negro de roubá-lo

Amélia 30/12/2020 Relatar Quero comentar

Olá pessoal. Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

Um adolescente negro de 14 anos foi falsamente acusado de roubar o celular de uma mulher em Nova York. Horas depois, o objeto foi encontrado no carro do Uber que ela havia utilizado momentos antes.

O caso aconteceu no Hotel Arlo e foi filmado pelo pai do garoto, o trompetista Keyon Harrold. As imagens mostram a mulher descontrolada, acusando o adolescente de roubo, enquanto o artista responde que “não há apenas um iPhone no mundo”.

O gerente do hotel aparece e, atendendo aos pedidos da mulher, solicita que o garoto mostre o celular. Keyon, então, se revolta e acusa o funcionário de ser desrespeitoso. 

Horas depois do episódio, o motorista do Uber que a mulher havia utilizado entrou em contato e informou-a de que o celular havia sido encontrado em seu carro. Ele levou o objeto até ela no hotel.

Em nota, o hotel se desculpou com Keyon e seu filho. “Estamos profundamente desapontados com o recente incidente de acusação infundada, preconceito contra um hóspede inocente do Hotel Arlo. Nenhum cliente - ou qualquer pessoa - deve estar sujeito a este tipo de comportamento."

Keyon, que já se apresentou com nomes como Rihanna, Beyoncé e Jay-Z, concedeu entrevista ao New York Times e questionou o que teria acontecido se ele não estivesse presente no ocorrido. “Já vi pessoas serem feridas ou até mortas por menos”, comentou.

SE VOCÊ GOSTOU, DEIXE O SEU LIKE, COMENTA AQUI EM BAIXO O QUE VOCÊ ACHOU! E COMPARTILHE COM OS SEUS AMIGOS! OBRIGADA!

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário