Hospital aluga container refrigerado para colocar mortos de Covid-19 ,'É um campo de guerra', diz superintendente

Hora da Notícia 02/03/2021 Relatar Quero comentar

O Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, aluga contêiner refrigerado para colocar pacientes mortos, após o esgotamento do necrotério do local, que ultrapassou a capacidade de acomodação de falecidos na instituição. A partir desta terça-feira (2), será instalado provisoriamente um contêiner refrigerado no hospital. Será utilizado somente em caso de real necessidade, considerando a possibilidade de atrasos na retirada dos óbitos por parte das funerárias.

Segundo nota do hospital enviada para o site da TV Cultura, "mesmo que a expansão do necrotério não venha a ser utilizada, trata-se de uma medida preventiva que se faz necessária dentro dos padrões de qualidade assistencial e médica da instituição". O aluguel faz parte de mais uma etapa do Plano de Gestão de Crise, elaborado pelo Comitê de Enfrentamento da Covid-19, criado no ano passado.

Em nota, a instituição reforça a importância que todos sigam as orientações das autoridades sanitárias, utilizando máscara em todos os momentos e higienizando as mãos e os ambientes de contato. E recomenda, ainda, que evitem ao máximo aglomerações e circulações desnecessárias, mantendo sempre o distanciamento social.

"O aumento [de internações] foi muito abrupto. Não existe sistema que dê conta. É surpreendente pela forma como avança de forma mais veloz e forte. É repentino, inesperado. Não tem nenhuma previsibilidade", afirma Bruno Naundorf, diretor do Departamento de Auditoria do SUS e membro do Comitê de Crise da Secretaria Estadual da Saúde.

Comentário do usuário