Menina de 12 anos acusa mãe de dopá-la para facilitar abusos do padrasto

Carlosandre1055 07/04/2021 Relatar Quero comentar

 

Uma menina de apenas doze anos acusou a própria mãe, de 40 anos, por ter facilitado os abusos cometidos pelo padrasto na cidade de Três Marias em Minas Gerais. Conforme  a denúncia, a mulher teria oferecido um remédio que a deixou sonolenta.

Dopada, a vítima afirma que foi violentada pelo marido da mãe, de 34 anos. As informações são do Uol. A  menina compareceu à delegacia da cidade acompanhada da avó para prestar depoimento.

Na sequência, o casal foi localizado e levado para esclarecimentos na Delegacia de Polícia Civil, onde negaram as acusações. Na casa da vítima, policiais apreenderam os celulares dos dois e uma caixa de remédios.

De acordo com a polícia, os dois devem responder em liberdade, uma vez que não havia exame de corpo de delito para justificar a prisão em flagrante. A mãe da pré-adolescente possui passagens na polícia por ameaça. Já o padrasto não tem ficha.

Segundo o Uol, a vítima foi encaminhada a um hospital em Sete Lagoas, onde recebeu atendimento. Até o momento, ela não prestou depoimento. A Delegacia de Polícia de Três Marias e o Conselho Tutelar estão acompanhando o caso.

Comentário do usuário
Você pode gostar