Mãe de recém-nascido é surpreendida por bilhete deixado embaixo da porta: "Custei a acreditar no que li!"

Braga 01/10/2020 00:51 Relatar


É tão comum ver relatos de mães que são hostilizadas por conta do barulho do choro de seus bebês, que quando alguém se dispõe a ajudá-las a ficha até demora a cair. Foi o que aconteceu com a jornalista Bárbara de Oliveira Neves, 29 anos, que é mãe de Luisa, 3, e Bernardo, 1 mês. Num dia bem turbulento, ela saiu para levar o remédio de asma da filha na escola e depois passou no supermercado. Na volta para casa o bicho pegou e Bernardo começou a chorar sem parar. Ela subiu com as compras e o bebê nos braços, já bem tensa. Mal pisou o pé em casa e a campainha tocou. Bárbara tentou atender, mas não deu tempo. E para sua aflição, um bilhete foi deixado embaixo da porta. "Eu já esperava que fosse uma reclamação e, sinceramente, não estava pronta para mais um momento de tensão naquele dia. Então, li o bilhete, fotografei e mandei para o WhatsApp do meu marido, para ele checar se eu tinha entendido direito o que está escrito", disse, em entrevista à CRESCER. 

O conteúdo do bilhete era uma grande aula de empatia. A vizinha do casal, Karla, estava se colocando à disposição para ajudar Bárbara com o que fosse necessário. "Ficamos tão chocados que relemos o bilhete até entender que realmente era real a boa intenção", conta. O bilhete dizia o seguinte:

Parte do conteúdo do artigo é proveniente da Internet. Se seus direitos de privacidade forem violados, o site será processado o mais rápido possível. Relatar
Artigos recomendados

©2020 didiadidia.com. All Rights Reserved. Sobre nós Política e segurança Termos Privacidade Direitos autorais

Isenção de responsabilidade:Este site opera enviando artigos em tempo real e não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa apenas as opiniões pessoais do autor e não é a posição deste Site. Os usuários devem julgar a autenticidade do conteúdo. O autor possui os direitos autorais do artigo publicado neste site. Como este site é restrito pelo modo de operação "publicação em tempo real", não podemos monitorar completamente todos os artigos. Se os leitores encontrarem problemas, entre em contato conosco. Este site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e recusar qualquer pessoa a publicar artigos neste site e também o direito de não excluir o artigo.Não escreva palavrões, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais, seja disciplinado. Este site reserva todos os direitos legais.
TOP
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.