Auxílio Emergencial: Governo toma medida decisiva e anima milhares de beneficiários

Beatriz 27/12/2020 Relatar Quero comentar

Olá pessoal. Siga para saber todas as notícias e muito mais em primeira mão! Se gostou das notícias, não esquece de compartilhar com seu amigos.

O auxílio emergencial é um benefício instituído no Brasil pela Lei de nº 13.982/2020, que prevê o repasse de 600 reais mensais (inicialmente por três meses) a trabalhadores informais e de baixa renda, microempreendedores individuais e também contribuintes individuais do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

O objetivo do auxílio é mitigar os impactos econômicos que serão causados pela pandemia de COVID-19.

O Auxílio Emergencial tem sido um alento na vida de milhares de brasileiros nos últimos meses diante do cenário de crise que impactou o país por conta da pandemia do coronavírus.

O programa, no entanto, será pago até o final do ano pelo governo federal, e não deve ser continuado em 2021. 

Apesar desta situação preocupante para muitos brasileiros, o governo federal através do Dataprev trouxe uma boa notícia para beneficiários que tiveram o Auxílio Emergencial bloqueado e realizaram a contestação.

De acordo com dados obtidos pelo portal Metrópoles, seis de cada 10 brasileiros que contestaram, via aplicativo, a negativa do programa foram considerados elegíveis.

Ao todo, desde o início do pagamento em abril, foram efetuados 2,41 milhões de pedidos de contestação. Até o momento, cerca de 1,42 milhão dos pedidos foram reconsiderados por atenderem os critérios legais. 

Ainda segundo o portal, mais de 28 milhões de pessoas tiveram o Auxílio Emergencial negado. 

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar