Estreia do 'De Férias' traz pergunta transfóbica a Tarso: 'Tu tem pinto?'

Reality News 06/04/2021 Relatar Quero comentar

O " Brasil: Celebs" estreia na próxima quinta (8) uma nova temporada, . Depois de receber críticas pela falta de diversidade, com pessoas geralmente brancas e saradas, a MTV Brasil deu sinais de que ouviu o recado e reuniu um elenco com participantes negros, LGBTs, gordos e de diferentes regiões do país.

UOL assistiu ao primeiro episódio do  de pegação e a partir de agora conta tudo o que rolou. Só continue a ler se você quiser saber o que vai acontecer.

Um dos momentos mais inconvenientes acontece entre Tarso Brant, que é um homem trans -- ele foi consultor de Gloria Perez para a criação do personagem transgênero Ivan (Carol Duarte) na novela "A Força do Querer" --, e Pedro Ortega, que volta ao programa como veterano.

Os dois conversam amigavelmente sobre identidade de gênero e pegação, quando Tarso revela ser trans e Ortega fica visivelmente surpreso com a informação.

"Eu sou mais hétero. Gosto mais de mulher, mas já fiquei com homem. Tive uma experiência na minha vida que eu pude vivenciar os meus dois lados numa única existência. Eu sou trans", afirma Tarso.

Vivi minha mudança de gênero desde criança. Eu sentia que o que o mundo falava que era certo, para mim não era o que parecia ser. A única escolha que eu fiz foi ser eu.  Tarso Brant

Pedro Ortega volta ao 'De Férias com Ex' como veterano

Imagem: Reprodução/Instagram

O veterano reage sem conseguir acreditar muito bem no que acabou de ouvir. "Tu é trans? Papo reto? Caralho!", diz ele. Tarso afirma que "hormônio muda tudo" e a conversa se encerra ali. Em outro momento, Ortega retoma o diálogo, desta vez na presença de Matheus Pasquarelli. É aí que ele passa dos limites.

"Tu tem pinto ou não?", pergunta Ortega. Tarso responde: "Não". E o colega continua, justificando-se: "Não tem? É xereca normal? Eu nunca conversei com um trans abertamente".

Nesse momento, Pasquarelli percebe a situação constrangedora e intervém: "Eu não tenho propriedade para falar sobre isso, mas é muito desconfortável você chegar numa pessoa trans e perguntar o que é que ela tem".

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário