Avó cobra R$60 Por hora para cuidar do neto.

Laizia 123 21/01/2021 Relatar Quero comentar

Um mulher levantou polêmica nas redes sociais após postar na plataforma Reddit que  ter cobrado R$ 60 da filha para cuidar do neto.

"Minha filha tem 29 anos, e ele, 1. Ela vai voltar logo ao trabalho. Sua jornada é de cinco dias por semana, com sete horas diárias de trabalho. Ela me pediu para cuidar da criança por dois ou três dias", postou a moradora da Nova Zelândia, que não foi identificada. Ela dividiria os cuidados do neto com os sogros da filha.

"Claro, estou encantada em passar um tempo com o meu neto, mas expliquei que necessito que ela (a filha) pague (o equivalente a) R$ 45 por hora", acrescentou ela.

De acordo com a autora da postagem,  a filha concordou em pagar R$ 50 por hora.

"Trabalho em casa. Se vou renunciar a isso, preciso de dinheiro para cobrir as horas que deixarei de trabalhar. Amo o meu neto, mas não sou uma creche", finalizou a neozelandesa.

A história levou vários veículos da mídia a questionar: "Avós deveriam ser pagos por cuidar dos netos", perguntou o "NZ Herald". O "El País", da Espanha, destacou que um debate foi aberto nas redes sociais para discutir o tema.

Usuários da rede sugeriram que a mulher não tinha empatia com a situação da filha ao tentar sobreviver e voltar ao mercado de trabalho.

"Se não quer cuidar do neto, simplesmente fale", protestou um internauta.

"Claro, ela provavelmente terá que pagar isso em uma creche - talvez até mais. Mas uma creche vem com qualificações e certificações. Por que você acha que merece uma remuneração quase igual à de creches profissionais?", postou outro.

No Twitter, a publicitária Fernanda Ramalho, de 37 anos, moradora de Rio Branco (AC), apoiou a cobrança:

"Avó não tem obrigação nenhuma! Ajuda se quiser e quando quiser. Ela está certa em cobrar. Avó tem que ser diversão e não obrigação. Tenho uma filha de 16 anos e sou mãe solo. Minha mãe me ajudou muito, mas nunca por obrigação, ela sempre se dispôs a ajudar. Nunca a sobrecarreguei, ela só ficava em casos emergências."

No blog, Katia Vasques Leandro também opinou de forma favorável à cobrança pelo "serviço":

"Acho justo, uma avó é mais confiável e carinhosa que a creche."

Já Ziberman Machado fez um alerta para a atitude da neozelandesa, no Twitter:

"É bom ela guardar o dinheiro que ganhar para pagar uma cuidadora quando ela não conseguir se virar sozinha. Na velhice seria legal a filha cobrar para cuidar da mãe?"

Comentário do usuário