Enfermeira furta cartão de paciente prestes a morrer de Covid-19, faz compras e sofre duro castigo

Matérias Oficiais(+10% Clicks) Amélia 12/05/2020 Relatar Quero comentar

Nos últimos meses, o mundo inteiro vem sofrendo com a pandemia do novo coronavírus, doença que tem se espalhado com grande facilidade e já contaminou mais de 4 milhões de pessoas e tirou a vida de outras mais de 282 mil.

Com isso, profissionais da saúde segue em forte trabalho para atender os pacientes que chegam a todo o momento com complicações, causada pelo vírus, mas nem nos piores momentos, não se pode confiar em todo mundo.

Uma mulher de 43 anos que trabalhava como enfermeira no Staten Island University Hospital North, em Nova York (EUA), segundo o jornal “NY Daily News”, é suspeita de furtar um cartão de crédito de um paciente que estava com coronavírus, em estado grave. Mas a enfermeira sofreu um duro castigo e foi presa pela polícia local.

Veja também

O caso aconteceu no início de abril. A suspeita pegou o cartão de crédito de Anthony Catapano, de 70 anos. Ele estava em estado grave e morreu no dia 12 de abril. Segundo o NY Daily News, três dias antes, Danielle usou o cartão da vítima para colocar gasolina no carro e fazer compras no supermercado.

“Não acredito que alguém possa ter feito isso com alguém que lutava pela vida”, disse a filha de Anthony, Tara Catapano, ao NY Daily News, e completou. “Ela (Danielle) é um ser humano desprezível”. Danielle foi indiciada na última quinta-fera, 07 de maio.

Comentário do usuário