Churín não pensa em sair do Grêmio, elogia Tiago Nunes e lamenta última lesão: “Jamais fiquei tanto tempo fora

Tiagofraga 30/04/2021 Relatar Quero comentar

Apesar de rumores recentes que o ligaram ao Colo-Colo, do Chile e ao Fortaleza, o centroavante Diego Churín não pensa em trocar de ares tão cedo. Recuperado de lesão muscular e de volta ao convívio do grupo, o jogador planeja seguir no Grêmio e continuar buscando seu espaço dentro do elenco.

Minha ideia é ficar aqui. Cheguei no meio da temporada, não é o momento de partir. Quero dar mais de mim para o clube que me brindou com confiança e demonstrar isso em campo”, declarou.

Contratado ainda sob comando de Renato Portaluppi, Churín mantém boa expectativa pelo trabalho com Tiago Nunes e já viu “ideias novas” sendo aplicadas na estreia com vitória de 3×2 sobre o Ypiranga, fora, pelo Gauchão, no sábado:

“Faz poucos dias que chegou o Tiago e tivemos poucos treinamentos. Uma partida que ganhamos e já se viram coisas novas, algumas ideias que ele pretende. Aos poucos, o antes possível, interpretar cada ideia que ele nos propõe e realizá-las. Obviamente que uma temporada nova, além de um técnico novo, renovam as esperanças, os sonhos. Que a gente possa converter esse projeto do Tiago em algo muito bom para o clube”, declarou.

LESÃO PERTURBOU CHURÍN

Depois de ficar de fora do início do ano por lesão muscular, Churín voltou a recentemente perder várias partidas por um problema na coxa direita. Durante um mês e meio, ele apenas torceu de longe pelos colegas:

“Na minha carreira jamais tive tanto tempo fora de campo, foi uma experiência nova para mim. Foi difícil não poder ajudar meus companheiros dentro do campo, mas já é algo que passou. Agora é voltar, deixar para trás a lesão e as dores, terminar de me colocar no ponto e dar o melhor para o grupo e para o que queira o técnico”, acrescentou.

Comentário do usuário