Globo censura Rodrigo Bocardi com advertência sobre discussão contra Nego Di

Só matérias boas 26/02/2021 Relatar Quero comentar

A direção de entretenimento da TV Globo, em comum acordo com a direção de jornalismo da emissora, advertiu o jornalista Rodrigo Bocardi e solicitou que ele encerre publicamente o assunto acerca das ameaças que recebeu do ex participante do BBB21 Nego Di pelas redes sociais antes do reality.

O pedido inicial partiu da direção do BBB, que considerou que a discussão poderia afetar a imagem do jogo e ainda causar um impacto negativo sobre a escalação dos brothers selecionados para esta edição.

A direção de jornalismo da emissora concordou com o núcleo de entretenimento e também considerou que o episódio trazia novamente à tona um erro do âncora durante apresentação do SPTV, e que a discussão já teria perdido sua validade causando mais impactos aos envolvidos e a imagem da emissora do que, propriamente, uma solução.

Isso porque o motivo que levou Nego Di a enviar ameaças e ofensas a Rodrigo Bocardi foi o fato do jornalista confundir ao vivo, durante a transmissão do jornal, um atleta preto – que transitava pelo metrô – com um catador de bolinhas de tênis do clube em que pratica o esporte. Segundo Bocardi a confusão ocorreu dada a semelhança que ele identificou na blusa do rapaz com as blusas utilizadas pelos boleiros. Entretanto, bastou pouco tempo para Bocardi ser apontado pelos telespectadores como racista.

Por todos esses motivos a cúpula da Globo apontou para Bocardi que se ele não tomou nenhuma medida jurídica, a discussão não seria interessante nesse momento, e solicitou que o jornalista também não repercutisse mais o fato com veículos de imprensa da casa, a exemplo do site G1, e os jornais O Globo e o Extra. Foi exposto que qualquer acirramento por parte do jornalista mediante o que já havia sido exposto poderia desencadear em um direito de resposta contra o jornalista publicado nos próprios veículos do grupo Globo.

Comentário do usuário
Você pode gostar