Covid-19: Araraquara está com leitos lotados e autoridade apela: ‘Eu suplico, se protejam’

Só matérias boas 17/02/2021 Relatar Quero comentar

A cidade de Araraquara, no estado de São Paulo, bateu recorde de casos confirmados de Covid-19 em um único dia e a rede de saúde no município começa a entrar em colapso. Muitos pacientes que se encontram com os sintomas graves da doença precisam ficar à espera de leitos e já houve caso de pessoa ser transferida para outra cidade.

Eliane Honain, secretária municipal de Saúde, fez um apelo emocionada pedindo à população para que saia de casa somente se for extremamente necessário, pois a situação está cada vez mais crítica. Até a variante do coronavírus que surgiu primeiramente em Manaus já foi detectada em Araraquara e pelo menos 12 casos foram confirmados até o momento.

De acordo com o boletim divulgado ontem, a taxa de ocupação de leitos de enfermaria já é de 100% e por isso alguns estão sendo abertos em caráter de urgência. Na Unidade de Terapia Intensiva também não há vagas para pacientes com Covid-19.

Só nas últimas 24 horas foram 229 novos casos confirmados e especialistas alertam que se algo não for feito e a população não fizer sua parte, ficará difícil reverter esse quadro sem que muitos venham a óbito.

Segundo Elaine, Araraquara bateu recorde de atendimento na UPA e várias unidades de saúde estão ficando sobrecarregadas pela ‘demanda excessiva’. Desde o início da pandemia já são 12.424 contaminados pelo coronavírus em Araraquara e 153 óbitos em decorrência da doença.

“Eu peço, quase suplico, nos auxilie, se protejam. Sem isolamento social vamos perder muitas pessoas, por isso repito, não há flexibilização de decreto. A não ser que seja para regras mais rígidas. A situação é extremamente crítica”, pediu a secretária municipal de Saúde.

Comentário do usuário