Manchas na pele de crianças pode ser covid-19?

Yasmim 31/10/2020 Relatar Quero comentar

Durante todo esse tempo de pandemia por causa do novo coronavírus, já se sabe que a covid-19 atua de forma diferente no organismo das crianças.

Na maior parte dos casos, os pequenos contraem o vírus sem apresentar sintomas, e por isso são considerados os principais vetores para a família, que é acometida por não perceber a presença do vírus em casa.

Mas, também existem os casos de crianças que apresentam sintomas, e eles costumam ser diferentes dos mais comuns nos adultos.

De modo geral, os médicos já perceberam que os sintomas de covid-19 em crianças costumam começar no sistema gastrointestinal, apresentando vômito, diarreia, tosse e febre.

Recentemente famílias estão alertando para sintomas de manchas na pele, mas sem causar dor ou coceira. De acordo com os médicos, quando essas manchas são azuladinhas com bordas brancas, podem ocorrer porque o vírus causa uma inflamação nos vasos sanguíneos.

Caso em menina de 2 anos

Em uma entrevista para a revista Crescer, Vanessa Melo, de São Paulo, falou sobre os sintomas da filha Lorenna, de 2 anos. A mãe conta que, no dia 6 de julho, levou a filha junto ao supermercado porque não tinha com quem deixá-la. Na manhã seguinte Lorenna acordou com febre leve.

, lembra a mãe.

Naquele dia, Vanessa levou Lorenna para casa e continuou o tratamento médico enquanto aguardava pelo resultado do exame, que não sai na hora.

.

O que intrigou a família e também os médicos foi que  apenas Lorenna testou positivo para covid em casa. Quanto às manchas na pele, Vanessa disse que a filha não teve coceira, mas deixaram a pequena irritada. Depois de uns cinco dias as manchas começaram a sumir, deixando a pele mais grossa nos locais afetados, que foram principalmente na região do rosto e do pescoço.

Caso em irmãos de 2 e 4 anos

Outro caso com manchas na pele aconteceu com dois filhos de Renata Oliveira, também de São Paulo, que relatou os detalhes para a revista Crescer. Porém, os casos aconteceram em março, quando ainda se falava pouco da doença no Brasil, e por isso as crianças não chegaram a fazer o teste.

lembra a mãe.

Depois dos filhos, os pais também contraíram a doença. Inclusive, o marido de Renata precisou se afastar do trabalho. Por conta dos sintomas, hoje ela acredita que todos estavam com covid, mesmo que não tenham feito o teste.

Caso que viralizou

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.