Homem assume a filha da sua melhor amiga, para que a menina não cresça sem ter um pai

Noticias no Ar 10/11/2020 Relatar Quero comentar

Infelizmente, muitas crianças não possuem a oportunidade de crescerem com a presença de um pai, geralmente elas são criadas por suas mães e até mesmo pelos avós ou outros membros da família.

Mesmo tendo tanto amor e carinho de familiares, a ausência de um pai pode influenciar muito na vida de uma criança, que na maioria das vezes possuem uma imagem de herói de seu genitores.

Mas em outras situações, existem aquelas crianças que mesmo não tendo o pai biológico por perto, acabam ganhando o pai de coração, aquele homem que assume como se fosse parte dele.

Esses pais podem ser os avôs, tios, irmão e até mesmos os padastros, eles acabam dando todo amor e atenção que a criança merece, suprindo a necessidade de possuir o pai por perto, o que acaba deixando a criança muito feliz.

A história que vamos contar hoje é muito linda, e nos ensina muito sobre o amor pelo próximo, onde envolve uma criança que foi abandonada pelo pai biológico.

Mas a melhor parte foi ela ter ganhado um pai do coração, que faz questão de dar muito amor a ela, e faz tudo isso com a intenção de que a pequena cresça tendo um pai.

A pequena Ana Flor, possui só 2 anos, e é filha de Brunna. Desde o seu nascimento, o pais biológico nunca foi presente em sua vida, e essa rejeição despertou uma dor muito grande emocionalmente na menina.

Mas mesmo passando por toda essa situação, a pequena conseguiu encontrar alguém que pudesse suprir essa necessidade de uma figura paterna, e o paizão dessa história é o melhor amigo da sua mãe.

Mas a história não começa por ai, na verdade quem é a verdadeira amiga de Brunna é Amanda, que é a noiva de Raphael, e ele é apaixonado por crianças.

Tudo começou quando Ana Flor chamou Raphael pela primeira vez de pai, isso em uma das varias visitas em que o rapaz junto com a noiva faziam a casa de Brunna, pois ele dava muito atenção a pequena.

Raphael confessou que naquele instante sentiu que a pequena o havia escolhido para ser seu pai, e ele sentiu que haveria muita responsabilidade com ela, o seu sonho era ser pai de uma menina, e isso estava sendo realizado naquele momento.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.