Rapaz é arrebatado com 22 tiros em ‘tribunal do crime’ por importunar mulheres em SP

LORD ANDY 02/06/2021 Relatar Quero comentar

O rapaz de 22 anos, acusado de importunar mulheres em via pública, teve a sua vida interrompida com 22 tiros pelo tribunal do crime na Zona Norte de São Paulo.

Antony Campagnolli, foi dado como desaparecido por sua família no dia 12 de dezembro, mas no dia seguinte, seu corpo foi encontrado, com 22 perfurações, quase todas na cabeça.

A Polícia Civil já estava investigando as denuncias de importunação, inclusive imagens de câmaras de segurança, flagraram um rapaz em uma moto vermelha, com seu órgão para fora, mostrando para um jovem que estava na porta, tentando entrar em sua casa.

Após o crime, a polícia confirmou que Antony realmente era o rapaz que aparecia nas imagens importunando mulheres nas ruas de São Paulo.

De acordo com informações, um mandato de prisão já havia sido expedido contra a vítima, mas antes disso, o criminal do crime, decidiu fazer a justiça com as próprias mãos.

Ainda segundo informações, três dos criminosos que fizeram justiça com as próprias mão já estão presos. A delegada Fabiana Sarmento de Sena Angerami, titular do 20º Distrito Policial , Água Fria. reforçou em entrevista que fazer justiça com as próprias mãos também é crime.

Confira aqui abaixo, o vídeo que circula pela internet, onde Anthony é visto sentado em frente à uma casa, conversando com os bandidos do “tribunal do crime”, antes de ser arrebatado com 22 tiros.

Comentário do usuário